Qualidade de vida é praticar esporte sem lesões

Qualidade de vida é praticar esporte sem lesões

Qualidade de vida é praticar esporte sem lesões

É possível manter a qualidade de vida praticando esportes e não se queixar de dores ou ser mais uma vítima das temidas lesões esportivas?

Por Márcio Oliveira*

Diversas reportagens apontam que Brasília está se tornando a capital do esporte, pois o número de praticantes por aqui está superando as maiores cidades brasileiras, como o tradicional Rio de Janeiro e a grande São Paulo.

Nesse sentido, muitas dúvidas estão surgindo em nossa população, especialmente nos iniciantes em alguma modalidade esportiva, que, ao mesmo tempo em que se tornam motivados a investir em acompanhamento nutricional e treinamento especializado, se preocupam com as dores e eventuais lesões.

Mas seria possível manter essa rotina e até mesmo participar de competições amadoras sem correr o risco de se tornar mais um número na elevada estatística de lesões esportivas?

Para responder a essa e outras perguntas, bem como para trazer à nossa população informações precisas sobre esporte, prevenção de lesões e métodos de recuperação, mensalmente trarei nessa coluna uma abordagem que permita aos leitores desenvolverem um comportamento adequado no que diz respeito à saúde e prática de esportes a longo prazo.

A literatura científica nos mostra que é impossível eliminar todas as lesões esportivas, especialmente porque muitas destas ocorrem em consequência de traumas diretos inerentes a algumas modalidades, como, por exemplo, as lutas, mas também torna plausível que atitudes e rotinas adequadas podem diminuir a ocorrência e a gravidades destas, mesmo nas práticas de maior exigência.

Baseando-se nesse raciocínio e procurando atender aos sedentários, iniciantes e atletas amadores, espero transformar o modo dos nossos leitores pensarem sobre a estrutura e função do corpo, aplicando as informações em seu dia a dia.

Márcio Oliveira, fisioterapeuta
Márcio Oliveira, fisioterapeuta

*Especialista em Fisioterapia Esportiva, Pós-graduado em Fisioterapia Traumato-Ortopédica, Mestre em Ciências da Saúde e Doutorando em Saúde Baseada em Evidências. Além de atuar como fisioterapeuta, é docente e coordenador da Pós-graduação em Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Esportiva do Centro Universitário de Brasília – UniCEUB.

Leave a Reply

Your email address will not be published.