VW Virtus Candidato a líder

VW Virtus  Candidato a líder

O ano começa com o lançamento do sedã médio Virtus que, além da própria categoria, vai mexer com o mercado de automóveis como um todo

Depois do reboliço administrativo que o Virtus causou na Volkswagen por ter sido exposto indevidamente nas redes sociais no início do segundo semestre de 2017, chega agora em janeiro, aumentando a gama da marca e provocando expectativas entre os concorrentes.

Criado para ser o “três volumes” da nova família Polo, o Virtus entra na faixa superior ao Voyage e um pouco antes do Jetta. Tem, entre outras “virtudes”, o bom espaço para passageiros no banco traseiro e o grande porta-malas, características de muito valor na categoria. Mas é o seu design, uma verdadeira “escultura”, os recursos digitais no painel e as opções de configurações de motor e câmbio, como no novo Polo, que vão fazer do modelo um candidato a líder entre os carros com vocação executiva em 2018.


Motos

Pronta para a briga

Entre os modelos que estreiam no Brasil este ano está a nova Kawasaki Ninja 400, a esportiva média/pequena que chega para substituir a Ninja 300. Equipada com motor bicilíndrico com 45 cv de potência e 3,87 kgfm de torque a, respectivamente, 10 mil e 8 mil rpm, é preparada para ter melhor rendimento em altas rotações.

Visualmente inspirada na ZX-10R, tem desenho moderno e agressivo e conta com elementos de última geração de irmãs maiores, como o painel de instrumentos com informações digitais e analógicas.

O quadro do tipo treliça, que faz a “amarração” do conjunto, garante mais segurança na pilotagem. Prevista para o segundo semestre deste ano, ainda não tem preço definido publicamente. Na Europa, o modelo tem valores equivalentes a cerca de R$ 24 mil.


Picapes

Vendas em alta

Apesar de tantas subdivisões dentro da mesma categoria, as picapes formaram um dos segmentos mais significativos do mercado brasileiro em 2017. Segundo registros de emplacamentos da Fenabrave, entre os modelos pequenos, derivados de carros compactos, a Fiat Strada continua sendo o grande destaque, com quase 55 mil unidades comercializadas até dezembro, 10,5 mil a mais que a segunda colocada VW Saveiro, que vendeu 44,4 mil.

No segmento mais recente, disputado entre Toro e Oroch, novamente a Fiat “dá de lavada”, com 50,7 mil unidades vendidas no mesmo período contra somente 11 mil unidades do modelo Renault. Já entre as “médias”, Hilux segue disparada, com 34,4 mil unidades vendidas, seguida por S10, com 30,4 mil, e Ranger, com 17,8 mil.

A única picape verdadeiramente grande vendida no Brasil, a Ram 2500, atingiu a marca de 332 unidades em 2017.


Nissan Leaf 2018

Desembarque confirmado

Depois de rodar pelo país em projetos de avaliação para o mercado brasileiro, cedidos como táxis e veículos de frotas em empresas públicas, o Nissan Leaf deve começar a ser oferecido a clientes comuns até o início de 2019.

Modelo elétrico mais vendido no mundo, a nova geração do Leaf será apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo, no final de outubro, e, em seguida, distribuído entre os concessionários da marca. Ainda não há previsão de preços, mas avalia-se que devem partir dos R$ 120 mil.

Leave a Reply

Your email address will not be published.